Criada em 2001 para ajudar na melhoria da saúde, sociabilização, inclusão social, autonomia e independência de pessoas com deficiência intelectual, a Associação Paradesportiva JR-SP é mais uma das instituições apoiadas pela Sondotécnica.

Com foco em promover o desenvolvimento para a formação física, intelectual e social por meio do esporte, a organização atende atualmente cerca de 130 atletas com idades entre 6 e 68 anos que se dedicam a modalidades como natação, ginástica rítmica e artística, futsal, atletismo e dança, desde a iniciação até o alto rendimento.

O projeto apoiado pela Sondotécnica contempla 70 atletas praticantes de ginástica artística, natação e atletismo e busca incentivar e ampliar a participação dessas pessoas no esporte adaptado, a fim de melhorar sua qualidade de vida, autoestima, dentre outros fatores fundamentais para a formação integral de indivíduos.

“Ao longo da nossa história, sempre apoiamos instituições que promovem a inclusão social e a Associação Paradesportiva JR-SP é um exemplo de organização que, por meio do esporte, consegue melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual. Estamos muito felizes de fazer parte deste e de outros projetos na área de Responsabilidade Social”, reforça o Diretor Presidente da Sondotécnica, Fabio Bergman.

Além da Associação Paradesportiva JR-SP, a Sondotécnica também exerce seu papel de agente de transformação social apoiando financeiramente outras entidades e projetos como o Instituto Mano Down, focado em promover a autonomia e a inclusão de pessoas com síndrome de Down e outras deficiências; o “Fortalecendo famílias”, que oferece ajuda, orientação e acompanhamento sociofamiliar a crianças e adolescentes atendidos pela Associação Beneficente Santa Fé, em São Paulo; o Instituto Reação e a Froien Farain, participando de uma campanha de financiamento coletivo para a montagem de uma sala de fisioterapia na sede da instituição.


Categorias:
Compartilhe!